Poligrafia respiratória domiciliar

O que é e como é feito?

Indicações e Contraindicações

Porque a SpiroLab é diferente?

Orientações para o exame

O que é e como é feito

Trata-se de um exame realizado para monitorar e quantificar a ocorrência de eventos respiratórios durante o sono. Mais simples do que a polissonografia convencional, destina-se à confirmação de casos de apneia do sono em pacientes com alta probabilidade pré-teste.

Vantagens:

  • Permite que você durma na sua posição habitual; na polissonografia convencional, passa-se a maior do tempo em decúbito dorsal, devido à complexidade da monitorização.
  • Melhora a qualidade dos dados, já que eles são coletados em condições reais: você determina a hora de dormir e acordar no conforto da sua cama.
  • Elimina-se a corriqueira dificuldade em dormir em um ambiente desconhecido.

Limitações:

  • Pode subestimar o número médio de eventos respiratórios por hora de sono.
  • Em caso de falha técnica, pode ser necessário repetir o exame (sem custo adicional).
  • Indicado para pacientes com alta probabilidade pré-teste para SHAOS.
  • Pacientes com suspeita de SHAOS, que não possam se deslocar ao laboratório de sono ou se recusam a fazê-lo.
  • Identificação e quantificação da dessaturação noturna em portadores de outras doenças pulmonares, como DPOC e doenças pulmonares intersticiais fibrosantes – o sensor de oximetria é da marca americana Nonin®, mundialmente reconhecida por sua acurácia.
  • Não recomendado para o rastreamento de pacientes assintomáticos.
  • Pacientes com probabilidade pré-teste baixa para o diagnóstico de SHAOS.
  • Pacientes com obstrução nasal crônica, ditos respiradores orais, que dormem com a “boca aberta”.
  • Pacientes com suspeita de outros distúrbios do sono ou portadores de doenças neuromusculares.
  • Pacientes com declínio cognitivo, sem cuidador ou responsável para a montagem do equipamento.

Por que a Spirolab é diferente?

  • Uso de dispositivo Resmed ApneaLink Air® com extensa validação.
  • Todos os laudos são revisados manualmente por profissional capacitado.

Orientações para o exame:

  • Este exame destina-se exclusivamente ao diagnóstico da apneia obstrutiva do sono. Se houver suspeita de outros distúrbios do sono, tais como insônia, narcolepsia ou síndrome das pernas inquietas, ele não ajudará no seu diagnóstico. Além disso, se você só “respira pela boca” enquanto dorme, este exame pode não ser adequado ao seu caso.
  • Você deverá comparecer ao consultório entre 17:30h e 18:00h do dia agendado para montagem do sistema.
  • Há 2 opções de montagem do sistema de poligrafia respiratória:
    • O aparelho é completamente instalado no consultório. Você sairá da clínica pronto para dormir e precisará apenas apertar um botão para começar e terminar a gravação. Não será possível tomar banho ou trocar de camisa com o sistema montado.
    • Receber instruções detalhas em consultório, para que você mesmo monte o sistema em casa. Nesta modalidade, é desejável o auxílio de uma segunda pessoa para a correta montagem do sistema.
  • Em caso de resfriado, gripe, congestão nasal ou tosse, o exame deverá ser adiado.
  • Não consuma bebidas alcóolicas e evite o uso de bebidas estimulantes, tais como café, chá preto, achocolatados, energéticos e refrigerantes como Coca-Cola e guaraná horas antes de dormir.
  • Evite tirar cochilos durante a tarde do dia do exame.
  • Todos os medicamentos de uso contínuo podem e devem ser utilizados normalmente no dia do exame.
  • Retire o esmalte dos dedos das mãos antes da realização do teste.
  • A bolsa e todos os itens deverão ser devolvidos até as 12:00h do dia seguinte ao empréstimo.

Códigos CBHPM para sua autorização e execução:

40103528 – Polissonografia de noite inteira (PSG)